<<< Ta ficando velho... Hein!!! <<< Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 2000, 90, 80, 70... não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!! <<< Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!! <<< Participe de nosso Fórum de discussão, em nosso Site/Comunidade no Facebook postando suas fotos e vamos relembrar, com outros internautas, nossas lembranças!!! <<< Assine também nosso Livro de Visitas e deixe seu Recado. <<< BOA NAVEGAÇÂO !!!

Vamos relembrar: Armação Ilimitada, Agente G, Arca de Noé, Arrelia, Balão Mágico, Bambalalão, Bozo, Capitão Furacão, Casa de Brinquedo, Capitão Aza, Cocoricó, Cometa Alegria, Curumim, Crush, Comandos em Ação, Circo Bombril, Do Ré Mi Fá Sol Lá Simony, Domingo no Parque, Doutor Cacareco, Falcon, Fuzarca & Torresmo, Garoto Juca, Gente Inocente, Gincana Kibon, Globinho, Globo Cor Especial, Gurilândia, Propaganda do " meu 1º sutiã ", Clube da Criança, Pirucóptero, Amendocrem, Biscoitos Monstrinhos Creck, Grupo Metrô, Hugo Game, Ciclone, Magazine, Lupu Limpim Clapla Topo, Mariane, João Penca e seus Miquinhos Amestrados, Ferrugem, Aracy de Almeida, Palhaços Atchim e Espirro, Cometa Halley, Álbuns de figurinhas do Amar é, Revistas de pintar com água, He-man, Thundercats, Viva Noite, Fofão, Jaspion, Changeman, Espectroman, Jiraiya, Sharivan, Sinhozinho Malta, Chips, Filmes do Jerry Lewis, Tênis M2000, Montreal, Ki-Chute, Iate, OP, Cairê, Mini-engradados de Coca Cola, Caloi 10, Canetas de 10 cores, Ferrorama, Autorama, PogoBall, Geleca, Creme Rugol, Loira do banheiro no Colégio, Glub Glub, Plunct Plact Zuum, Rá Tim Bum, Zas-Trás, Topo Gigio, Show Maravilha, Teatrinho Trol, Tia Gladys, Tv Colosso, Uni Duni Tê, Vila Sésamo, Xou da Xuxa, Turma dos Sete, ZYB Bom, etc...

contatootempopassa@gmail.com | facebook.com/otempopassa | instagram.com/otempopassa

31 de dez de 2009


Mulher Maravilha

Emissora: CBS.
Ano de Produção: de 1976 a 1979 (60 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Warner Bros. Television.
Elenco: Lynda Carter, Norman Burton, Beatrice Colen, Richard Eastham e Tom Kratochzil.

Em 1976 os produtores chamaram a Miss Mundo Lynda Carter para interpretar a Mulher Maravilha, o problema com Carter era que o estúdio Warner não queria alguém sem experiência dramática. Mas depois de testes com Joanna Cassidy, Raquel Welch, Farah Fawcett, Lindsay Wagner e a Suzanne Sommers, além da ameaça de Douglas Cramer em abandonar o projeto, Lynda foi contratada.
O primeiro episódio da Mulher Maravilha foi ao ar pela rede ABC em novembro de 1975. Nele, a origem da heroína é recontada como nos quadrinhos. Este filme-piloto teve duas horas de duração. Ao todo, foram 15 episódios (contando com o piloto) produzidos neste primeiro ano de A Mulher Maravilha, exibido pela rede ABC. Os altos custos – já que a série era ambientada na década de 40 – e a audiência modesta foram as principais razões do fim prematuro do seriado.
Em 1977, a CBS resolveu modificar o formato do programa, colocando a Mulher Maravilha nos tempos modernos. Nessa versão chamada “As Novas Aventuras da Mulher Maravilha” a produção não ignorou a primeira fase exibida pela ABC e mostrou já no piloto que Diana retornou à casa de sua mãe e irmãs depois do fim da guerra. Seriado novo, vida nova. A Diana da época atual trabalha para o serviço secreto americano sob as ordens de Steve Trevor (o Júnior) e utiliza um supercomputador falante de nome IRA para conseguir pistas de criminosos e inimigos do governo. A própria Mulher Maravilha ganha um novo uniforme, com mudanças sutis, porém que deram uma "atualizada" na roupa anterior. Linda Carter foi bem mais produzida para encarnar a personagem, com mudanças no cabelo e com um jeito mais amadurecido e condizente com a personagem. A própria transformação de Diana em Mulher Maravilha, que na primeira fase da ABC era feita em uma fusão demorada de duas imagens da atriz rodopiando (uma como Diana e outra como Mulher Maravilha) para mudar de roupa, foi substituída por um rápido clarão vermelho e azul enquanto Diana rodava.
A fórmula deu certo e o programa conseguiu manter-se no ar por 47 episódios. Sem ter o nazismo como pano de fundo, as histórias tinham que ser mais elaboradas para atrair o público, o que nem sempre acontecia. O seriado era inconstante, mesclando episódios interessantes com outros fraquíssimos, que só conseguiam prender a atenção de crianças. A série obteve ótimas marcas na audiência e excelentes avaliações dos críticos. Foi uma série que enfatizou um novo modelo de produção dos heróis em quadrinhos.
Lynda conseguiu interpretar uma autêntica Mulher Maravilha que a personagem acabou se confundindo a história da própria atriz.
O ator Lyle Waggoner participou das duas versões na primeira como major Steve Trevor e, na segunda, como seu filho. Os astros Roy Rogers, Debra Winger (em inicio de carreira vivendo o papel da irmã mais nova da Mulher Maravilha, Drusilla) e Roddy McDowall fizeram participações especiais.


Vídeos | Compre o DVD

InfanTV


0 comentários:

Postar um comentário


Ta ficando velho... Hein!!!

Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 70, 80 e 90, não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!!

Clique Aqui e Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!!

Gostou dessas Lembranças? Então "Clique Aqui" e comente, deixe seu Recado no nosso Livro de Visitas.


Custom Search