<<< Ta ficando velho... Hein!!! <<< Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 2000, 90, 80, 70... não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!! <<< Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!! <<< Participe de nosso Fórum de discussão, em nosso Site/Comunidade no Facebook postando suas fotos e vamos relembrar, com outros internautas, nossas lembranças!!! <<< Assine também nosso Livro de Visitas e deixe seu Recado. <<< BOA NAVEGAÇÂO !!!

Vamos relembrar: Armação Ilimitada, Agente G, Arca de Noé, Arrelia, Balão Mágico, Bambalalão, Bozo, Capitão Furacão, Casa de Brinquedo, Capitão Aza, Cocoricó, Cometa Alegria, Curumim, Crush, Comandos em Ação, Circo Bombril, Do Ré Mi Fá Sol Lá Simony, Domingo no Parque, Doutor Cacareco, Falcon, Fuzarca & Torresmo, Garoto Juca, Gente Inocente, Gincana Kibon, Globinho, Globo Cor Especial, Gurilândia, Propaganda do " meu 1º sutiã ", Clube da Criança, Pirucóptero, Amendocrem, Biscoitos Monstrinhos Creck, Grupo Metrô, Hugo Game, Ciclone, Magazine, Lupu Limpim Clapla Topo, Mariane, João Penca e seus Miquinhos Amestrados, Ferrugem, Aracy de Almeida, Palhaços Atchim e Espirro, Cometa Halley, Álbuns de figurinhas do Amar é, Revistas de pintar com água, He-man, Thundercats, Viva Noite, Fofão, Jaspion, Changeman, Espectroman, Jiraiya, Sharivan, Sinhozinho Malta, Chips, Filmes do Jerry Lewis, Tênis M2000, Montreal, Ki-Chute, Iate, OP, Cairê, Mini-engradados de Coca Cola, Caloi 10, Canetas de 10 cores, Ferrorama, Autorama, PogoBall, Geleca, Creme Rugol, Loira do banheiro no Colégio, Glub Glub, Plunct Plact Zuum, Rá Tim Bum, Zas-Trás, Topo Gigio, Show Maravilha, Teatrinho Trol, Tia Gladys, Tv Colosso, Uni Duni Tê, Vila Sésamo, Xou da Xuxa, Turma dos Sete, ZYB Bom, etc...

contatootempopassa@gmail.com | facebook.com/otempopassa | instagram.com/otempopassa

4 de abr de 2010


13 de fevereiro de 1967 - Cruzeiro Novo começa a circular

Jornal do Brasil: Cruzeiro Novo


O retorno das operações bancárias um dia depois do lançamento do cruzeiro novo foi confuso. As retiradas de dinheiro, e as trocas de moedas estrangeiras provocaram grande movimento nas agências. Os clientes queriam fazer os saques na nova moeda, mas o Banco Central ainda não havia feito a distribuição das notas. A troca da cédula antiga pela nova só podia ser feita através da rede de bancos.
Para se transformar em cruzeiro novo, o cruzeiro perdeu três zeros. As cédulas de CR$ 1, 2 e 5 e as moedas perderam o valor e foram recolhidas. As notas de 10 mil, 5 mil, 1 mil, 500, 100, 50 e 10 cruzeiros passaram a valer respectivamente 10, 5, 1 cruzeiros novos, e 50, 10, 5 e 1 centavos. As novas cédulas com valores mais altos passaram a circular só um ano depois da mudança.

Em algumas vitrines os preços eram exibidos em cruzeiros novos e antigos "como forma educativa", de acordo com a recomendação do governo. Muitos comerciantes especialmente os de alimentos aproveitaram a ocasião para arredondar os valores das mercadorias para cima e outros reclamavam do curto espaço de tempo para se adaptar ao novo padrão. A mudança gerou desconfiança e piadas. Os vendedores de uma loja de roupas do Centro do Rio anunciaram a maior uma liquidação de todos os tempos, com camisas de CR$ 15 mil a NCR$ 14. O novo era dito em voz baixa.

O cruzeiro novo foi criado durante a ditadura militar, no governo do marechal Castelo Branco, como medida para conter a inflação. O padrão monetário ficou em vigor até maio de 1970, quando o Conselho Monetário Nacional determinou o retorno à designação cruzeiro.


0 comentários:

Postar um comentário


Ta ficando velho... Hein!!!

Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 70, 80 e 90, não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!!

Clique Aqui e Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!!

Gostou dessas Lembranças? Então "Clique Aqui" e comente, deixe seu Recado no nosso Livro de Visitas.


Custom Search