<<< Ta ficando velho... Hein!!! <<< Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 2000, 90, 80, 70... não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!! <<< Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!! <<< Participe de nosso Fórum de discussão, em nosso Site/Comunidade no Facebook postando suas fotos e vamos relembrar, com outros internautas, nossas lembranças!!! <<< Assine também nosso Livro de Visitas e deixe seu Recado. <<< BOA NAVEGAÇÂO !!!

Vamos relembrar: Armação Ilimitada, Agente G, Arca de Noé, Arrelia, Balão Mágico, Bambalalão, Bozo, Capitão Furacão, Casa de Brinquedo, Capitão Aza, Cocoricó, Cometa Alegria, Curumim, Crush, Comandos em Ação, Circo Bombril, Do Ré Mi Fá Sol Lá Simony, Domingo no Parque, Doutor Cacareco, Falcon, Fuzarca & Torresmo, Garoto Juca, Gente Inocente, Gincana Kibon, Globinho, Globo Cor Especial, Gurilândia, Propaganda do " meu 1º sutiã ", Clube da Criança, Pirucóptero, Amendocrem, Biscoitos Monstrinhos Creck, Grupo Metrô, Hugo Game, Ciclone, Magazine, Lupu Limpim Clapla Topo, Mariane, João Penca e seus Miquinhos Amestrados, Ferrugem, Aracy de Almeida, Palhaços Atchim e Espirro, Cometa Halley, Álbuns de figurinhas do Amar é, Revistas de pintar com água, He-man, Thundercats, Viva Noite, Fofão, Jaspion, Changeman, Espectroman, Jiraiya, Sharivan, Sinhozinho Malta, Chips, Filmes do Jerry Lewis, Tênis M2000, Montreal, Ki-Chute, Iate, OP, Cairê, Mini-engradados de Coca Cola, Caloi 10, Canetas de 10 cores, Ferrorama, Autorama, PogoBall, Geleca, Creme Rugol, Loira do banheiro no Colégio, Glub Glub, Plunct Plact Zuum, Rá Tim Bum, Zas-Trás, Topo Gigio, Show Maravilha, Teatrinho Trol, Tia Gladys, Tv Colosso, Uni Duni Tê, Vila Sésamo, Xou da Xuxa, Turma dos Sete, ZYB Bom, etc...

contatootempopassa@gmail.com | facebook.com/otempopassa | instagram.com/otempopassa

4 de abr de 2010


5 de julho de 1959 - Maria Ester Bueno vence em Wimblendon

Jornal do Brasil: 6 de julho de 1959





Maria Ester Bueno, 19 anos, não precisou de mais que 43 minutos para derrotar a americana Darlene Hard, 23 anos, por 6 a 4, e 6 a 3, e assim conquistar o título de simples feminina no Torneio Internacional de Wimblendon, na Inglaterra, na época a mais importante competição de tenistas amadores do mundo.



A partida foi assistida por 15 mil espectadores entre os quais a duquesa de Kent, que entregou o troféu à vencedora, e Althea Gibson, a campeã do ano anterior. O céu estava claro sem nuvens e fazia um calor de 28 graus, sufocante para os ingleses, quando as tenistas entraram na quadra central para a disputa final. Ainda cansada pela partida, Maria Estar anunciou que iria dançar o chá-chá-chá da vitória com Alex Olmedo, campeão do simples masculino, no tradicional Baile dos Campeões. "Foi a melhor partida da minha vida", disse Maria Ester.

A agência de notícias AP escreveu: "Bueno voleou com um passo de assassino e a graça de uma dançarina de balé". Darlene Hard comentou seu desempenho na partida: "Não tenho desculpas para a minha derrota final. Joguei muitas vezes contra Maria Ester e notei que ela melhorava cada vez mais."

O estilo agressivo e gracioso de Maria Ester conquistou as quadras em 1958. Althea Gibson, a primeira negra a ganhar Wimbledon, ao vencer o torneio de duplas ao ladg da tenista brasileira, profetizou: "Ela será a minha sucessora".

Depois de cumprimentar o juiz, Maria Ester chorou e foi consolada pela própria Hard, que chorava também, mas de tristeza por ter perdido o título pela segunda vez.
A tenista retornou ao Brasil seis dias depois. O seu voo chegou ao Rio com sete horas de atraso devido a uma pane no motor do avião, e foi recebida pelo presidente Juscelino Kubitschek. Maria Ester seguiu para São Paulo e foi conduzida em cortejo pela cidade, até o clube Tietê, onde começou a jogar aos 12 anos.

O título de simples era só o início de uma brilhante carreira. A tenista conquistou o bicampeonato em Wimbledon no ano seguinte e um terceiro título, quatro anos depois. Venceu cinco vezes em duplas e chegou a outras duas finais de simples, uma semi e três quartas-de-final. Sua última aparição, em 76, já perto dos 37 anos, permaneceu como a melhor atuação do Brasil em duas décadas.

Tenista tinha lesão no braço direito
Depois de vencer em dupla em 1958, a tenista submeteu-se a um severo tratamento médico no ombro direito. Maria Ester ficou sob os cuidados do ortopedista João Vicenzo, que explicou que sua paciente sofria de uma lesão cíclica, espécie de irritação na porção longa do músculo bíceps. "Se Maria Ester joga tão bem com o braço dessa maneira, imagine só como o faria com ele são", concluiu o médico.


0 comentários:

Postar um comentário


Ta ficando velho... Hein!!!

Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 70, 80 e 90, não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!!

Clique Aqui e Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!!

Gostou dessas Lembranças? Então "Clique Aqui" e comente, deixe seu Recado no nosso Livro de Visitas.


Custom Search