<<< Ta ficando velho... Hein!!! <<< Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 2000, 90, 80, 70... não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!! <<< Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!! <<< Participe de nosso Fórum de discussão, em nosso Site/Comunidade no Facebook postando suas fotos e vamos relembrar, com outros internautas, nossas lembranças!!! <<< Assine também nosso Livro de Visitas e deixe seu Recado. <<< BOA NAVEGAÇÂO !!!

Vamos relembrar: Armação Ilimitada, Agente G, Arca de Noé, Arrelia, Balão Mágico, Bambalalão, Bozo, Capitão Furacão, Casa de Brinquedo, Capitão Aza, Cocoricó, Cometa Alegria, Curumim, Crush, Comandos em Ação, Circo Bombril, Do Ré Mi Fá Sol Lá Simony, Domingo no Parque, Doutor Cacareco, Falcon, Fuzarca & Torresmo, Garoto Juca, Gente Inocente, Gincana Kibon, Globinho, Globo Cor Especial, Gurilândia, Propaganda do " meu 1º sutiã ", Clube da Criança, Pirucóptero, Amendocrem, Biscoitos Monstrinhos Creck, Grupo Metrô, Hugo Game, Ciclone, Magazine, Lupu Limpim Clapla Topo, Mariane, João Penca e seus Miquinhos Amestrados, Ferrugem, Aracy de Almeida, Palhaços Atchim e Espirro, Cometa Halley, Álbuns de figurinhas do Amar é, Revistas de pintar com água, He-man, Thundercats, Viva Noite, Fofão, Jaspion, Changeman, Espectroman, Jiraiya, Sharivan, Sinhozinho Malta, Chips, Filmes do Jerry Lewis, Tênis M2000, Montreal, Ki-Chute, Iate, OP, Cairê, Mini-engradados de Coca Cola, Caloi 10, Canetas de 10 cores, Ferrorama, Autorama, PogoBall, Geleca, Creme Rugol, Loira do banheiro no Colégio, Glub Glub, Plunct Plact Zuum, Rá Tim Bum, Zas-Trás, Topo Gigio, Show Maravilha, Teatrinho Trol, Tia Gladys, Tv Colosso, Uni Duni Tê, Vila Sésamo, Xou da Xuxa, Turma dos Sete, ZYB Bom, etc...

contatootempopassa@gmail.com | facebook.com/otempopassa | instagram.com/otempopassa

3 de jul de 2011


Erro de juiz faz parte do jogo, mas pode decidir

Erro de árbitro faz parte do jogo, como frango de goleiro ou furada de centroavante ou zagueiro estabanado. Time que quiser ser campeão vai ter de superar tudo isso.



Mas é claro que time com goleiro frangueiro, centroavante perna-de-pau e zagueiro trapalhão jamais será campeão.



Como, também, time que for prejudicado pela arbitragem muito mais do que favorecido (a média deve ser na base do meio a meio) dificilmente levantará uma taça.



Tanto que até o velho e extraordinário Santos tomava seus cuidados nos bastidores para contar com a simpatia dos senhores do apito – ou, diziam os cartolas santistas de então, para não contar com a antipatia.



Antipatia como a que parece tomar conta dos árbitros cariocas em relação ao mais que simpático América, vergonhosamente roubado no Maracanã no domingo passado, contra o Fluminense.



Sim, essa parece ser a sina dos pequenos, que precisam de um monte de distrações para se dar bem, embora até as distrações os persigam, como a famosa de José Roberto Wright, na decisão do estadual do Rio de 1985.



Então, no último lance da partida, Wright não marcou um pênalti claro contra o Fluminense, que, se convertido em gol, daria o título do campeonato ao Bangu.



O árbitro se justificou dizendo que se preparava para apontar para o meio do campo e encerrar o jogo, razão pela qual não vira o lance. Só que, dada a confusão, acabou por expulsar três jogadores do Bangu, algo que não faria se tivesse terminado a partida.



Mas e quando não se trata de um pequeno? E quando a vítima é um grande como o Galo?



O mesmo Wright sabe o que acontece, pois até hoje é tido como inimigo número um da torcida atleticana.



Galo e Flamengo foram ao Serra Dourada, em Goiânia, disputar um jogo-desempate para decidir quem seguiria na Libertadores de 81. Setenta mil pessoas lotaram o estádio, a maioria simpática ao Fla.



Wright, então considerado o melhor árbitro do país, apitava no Rio Grande do Sul e, mesmo sendo carioca, teve a aprovação dos mineiros para o tira-teima. Mas estava nervoso.



Eis que, aos 37 minutos do primeiro tempo, Reinaldo faz uma falta comum em Zico.



Para surpresa geral do estádio e do país, que via o jogo pela tv, Wright expulsou Reinaldo e armou uma grande, enorme confusão.



Confusão que terminou com mais quatro atleticanos expulsos e a decisão encerrada prematuramente, para frustração geral e irrestrita. O jogo estava 0 a 0, e nos dois anteriores, no Mineirão e no Maracanã, o placar também tinha sido de empate, ambos em 2 a 2.



O mesmo árbitro, de ponta, prejudicou um grande e um pequeno, para alegria da Fla-Flu.


(Extraído do livro “Meninos, eu vi”, de Juca Kfouri, editoras DBA/Lance!)

0 comentários:

Postar um comentário


Ta ficando velho... Hein!!!

Meu Amigo(a), você que fez parte da geração anos 70, 80 e 90, não deixe que nossas lembranças sejam esquecidas!!!

Clique Aqui e Indique/Recomende este Site para seus Amigos(as), e deixe que eles também voltem ao passado e se divirtam!!!

Gostou dessas Lembranças? Então "Clique Aqui" e comente, deixe seu Recado no nosso Livro de Visitas.


Custom Search